Projeto EducAmar - Casa de Paternidade || Brasília/DF

O projeto Casa de Paternidade nasceu em dezembro de 2011. Uma família de nove órfãos, cuja mãe foi assassinada à sangue frio, se muda da favela de Santa Luzia na Estrutural, para uma Casa no Riacho Fundo, onde vivem apadrinhados por pessoas dispostas a pagar suas despesas, tais como água, luz, transporte escolar e comida. O local, antes de miséria, drogas, violência e prostituição, se torna um cenário de amor, cuidado e solidariedade, onde voluntários denominados "Anônimos do Reino" se dispõem a fazer trabalhos sociais com as crianças da comunidade. O antigo "barraco" onde viviam as nove crianças órfãs foi transformado na Casa de Paternidade, local destinado a introduzir a cultura, o lazer e trazer o Reino dos céus para mais perto de cada favela, barraco, cada viciado e favelado. Muitos projetos já foram desenvolvidos durante esse período, dentre eles, doações de cestas básicas, palestras para a comunidade, bazares, festas beneficentes e discipulado com os frequentadores da casa.